Duração: 120 horas (24 sessões de 5 horas cada). 20 horas teóricas, 3 de acompanhamento de projeto e 1 de apresentação de projetos.
Horário: sextas-feiras das 17:00 às 22:00 e sábados das 09:00 às 14:00.
Investimento: Inscrição 150€. Diploma 150€. Totalidade do curso 2900€. Cada prestação (total de 4 prestações) 725€.
Inscrições limitadas


Diretor de Curso
Javier López
Responsável de Negócio Digital, Ecommerce & Promociones de Diario AS.
ICEMD - Madrid


Objetivos
  • Adaptação do jornalista ao novo contexto digital;
  • Compreender o “ecossistema” dos meios de comunicação online, os novos paradigmas de gerar clientes e as fórmulas necessárias para cativar audiencias e influência;
  • Ensinar e demonstrar, na teoría como na prática, quais são os diversos departamentos dos meios de comunicação e como se podem gerir, desde o departamento editorial e de negócios e as ferramentas utilizadas para divulgar os conteúdos e rentabilizar um meio de comunicação;
  • Adaptar a elaboração de textos e a produção de conteúdos audiovisuais utilizando as novas ferramentas digitais;
  • Compreender os aspetos mais elementares da transformação de modelos de negócio e da rentabilidade dos media.

Público-alvo
Esta pós-graduação interessa:
  • Jornalistas que pretendam adaptar-se ao digital;
  • Licenciados em Jornalismo e em Comunicação que pretendam obter uma visão geral do novo jornalismo digital ao nível da redação e edição e conhecer tudo o que necessita um órgão de comunicação para rentabilizar o digital;
  • Técnicos de comunicação.

Condições de inscrição
Licenciatura ou grau superior. Podem ser admitidos alunos com experiência profissional comprovada.


Programa

1. - Introdução e condições do jornalismo digital
  • A influencia dos media.
  • Evolução da informação e o esquema de comunicação. Novos meios e formatos.
  • A sociedade da informação e as características da internet.
  • Produtores e agregadores de conteúdos, como se democratiza a informação. As pessoas transformam-se em meios.
  • Características de um jornalista digital.
  • Jornalista 2.0.
  • Jornalismo de segmentos.
  • Meios pagos vs. meios gratuitos. Formas de pagamento de conteúdos, varios modelos.
  • Redes sociais: a socialização da informação.
  • Consumo de informação multiplataforma. Necessidade de uniformizar a apresentação de conteúdo.
  • Tipos de conteúdos: vídeo, blogue, fotografía, texto.

2. - Modelos de negócio dos media. Empreendedorismo e novos agentes
  • Tipos de negócio do jornalismo digital da imprensa online, vídeo e podcasting.
  • Microsegmentação do mercado com ferramentas SAAS.
  • O poder das massas e a capacidade de reação.
  • Integração das redações.
  • Referências internacionais.
  • Como criar um meio online: conceito, estratégia, financiamento, estrutura e desenvolvimento operacional.
  • Funcionamentos verticais e complementares para ampliar as audiências de cada media.

3. - A gestão jornalística através dos novos meios digitais
  • A redação digital.
  • Criadores, designers digitais e jornalistas.
  • Definição e estrutura dos portais informativos.
  • Redações integradas: papel/internet.
  • Novos paradigmas da comunicação.
  • A gestão da redação na comunicação.
  • Valor e hierarquia das notícias.
  • Credibilidade e comparação da informação na internet.
  • Novos dispositivos para novas formas de trabalhar e de consumir conteúdos.
  • A necessidade de articular a redação com o departamento de tecnologias da informação na gestão dos media. A dependência perante a tecnologia.
  • Criação de blogues e plataformas de vídeo.
  • A elaboração de um blogue.
  • Como criar um meio online através do Wordpress.
  • Caso prático de Wordpress. Comprar um domínio, hosting, estabelecer um organograma. Gestão de widgets e desenvolvimento de conteúdo.
  • Como tornar viral o blogue para se transformar uma referência de conteúdo, estratégias de publicação.
  • Como fazer SEO e gerir a base de dados.
  • Exemplos de meios feitos com o Wordpress.

4. - Documentação e investigação no jornalismo digital 
  • Spam. A regra das três confirmações.
  • A estrutura da informação.
  • Como obter fontes e como tratá-las. Início das tarefas de documentação e de investigação.
  • Tecnologias e ferramentas para utilizar na investigaçõ. Wikipédia?
  • Como interpretar a comunicação institucional ou comercial e integrá-la com as próprias fontes.
  • Critérios e tomada de decisões. Discriminar a informação inútil ou de pouco interesse para o público.
  • Táticas: semruch, Facebook, Google Trends para perceber tendências, pesquisas, notas de imprensa de organismos oficiais, INE, notícias de outros meios para documentar uma informação.
  • Organização da documentação e da investigação.
  • Escalas e critérios jornalísticos para detetar os pontos-chave.

5. - Elaboração de conteúdo para meios digitais
  • Como escrever para o mundo online. Como decidir por um artigo, uma foto ou um vídeo?
  • Vencer o efémero e o tempo, a adesão da comunicação social e a empatía com o utilizador. Valorização do tempo.
  • Como atuam os motores de pesquisa com o tempo de permanência na página e o conteúdo de alta qualidade.
  • Novo jornalismo: formas de escrita e especialização. O perigo da endogamia. Criatividade digital.
  • Escrever de forma audiovisual e com imagens. A tirania das páginas já visitadas.
  • Comunicar com o leitor digital. Construir com dois tipos de leitura, a rápida e a reflexiva.
  • Otimização de conteúdos para os motores de pesquisa.
  • Jornalismo de dados vs. jornalismo analítico.
  • Redesenhar a informação em função do canal.
  • Infografia multimédia.

6. - Jornalismo de dados
  • Gestão das bases de dados e jornalismo de dados.
  • Nova tipología jornalística. Enriquecer os dados para atrair os utilizadores.
  • A impaciência dos leitores e a leitura em diagonal.
  • Pílulas informativas para evitar a fuga do leitor.
  • Jornalismo do imediato. Utilização das keywords para mostrar os factos da atualidade.
  • Evitar ser agência de informação e ser conciso nos conteúdos produzidos. A atenção tem os seus limites.
  • Técnicas infográficas e de vídeo.

7. - Televisão online e Podcasting
  • O novo consumo da informação. O ouvinte e o espectador decidem o que ver e como partilhar.
  • Ecossistema e novos players. A queda do sistema tradicional. A multiplicação de criadores de conteúdo visual. Através do vídeo e do som, os meios cativam as audiências. Youtubers.
  • Tecnologia e ferramentas que se aplicam na televisão e na rádio online.
  • Estratégias para retransmitir conteúdos, hierarquização e tempos.
  • Técnicas de comunicação específicas para os novos formatos e canais.
  • Criadores de programas e de sons.
  • Como produzir um podcast ou criar um canal do Youtube/Vimeo para gerar comunidade e audiência. Ferramentas gratuitas e pagas. Estratégias de captação de audiências.
  • Rádio online. Produção de conteúdos intemporais para ouvir em direto ou através de podcasting.
  • Conversão de plataformas. Rádio visual, retransmissão em direto de emissões de rádio.
  • Fórmulas de financiamento, publicidade de branded content e posicionamento de produto nos programas a emitir.

8. - SEO (Search Engine Optimization) e Analytics aplicados ao jornalismo digital
  • O que é o Search Engine Optimization? Análise dos principais motores de pesquisa.
  • O departamento de SEO. Dimensão. Conhecimento de técnicas de relacionamento.
  • O SEO aplicado ao jornalismo. Tags. Adaptação da escrita. Técnicas para que te encontrem mais facilmente.
  • Utilização de keywords e valor dos cliques nos websites.
  • O poder do text linking.
  • Como conhecer o nosso público, saber como chegaram até nós, quanto tempo permanecem no website, qual o percurso que seguiram no website e o que mais lhes interessa.
  • Ferramentas: Omniture e Google Analytics.
  • Funcionamento do Comscore. Medição das audiências.
  • Entender as informações do tráfego diário. Recorrência de leitores, dispositivos, etc.
  • Principais métricas a ter em conta. Como elaborar um relatório e saber interpretá-lo para tomar decisões.
  • Casos práticos. Utilização do Analytics.

9. - Redes sociais- A principal janela do jornalismo digital
  • As redes sociais. Muito mais do que a figura do Community Manager.
  • Como dimensionar um departamento de media social?
  • Que tipo de canais há que abrir para comunicar com as audiências? Perfil da empresa ou perfil pessoal em representação da empresa?
  • Segmentar os conteúdos e a redação das publicações para cada público
  • Estratégias de Social Media. Quando, o quê e como publicar conteúdos em função das interações e dos momentos de contacto. Como segmentar o público?
  • Perfil geral da organização e perfis de cada um dos jornalistas.
  • Perfis profissionais para manter a coerência.
  • Atrair fãs e enriquecê-los. Convertê-los em evangelizadores.
  • Modelos de publicação e recursos disponíveis. Técnicas como Canvas, Facebook Video, Periscope e Instagram. Modelos no Twitter.
  • Gestão de comentários e feedback.
  • Como resolver crises nas redes sociais.
  • Métricas para elaborar uma estratégia correta. Ferramentas disponíveis (I Love ROI, Pirendo, etc).
  • Nem tudo é para partilhar. Confirmar a informação e escolher o momento certo. Manuais de estilo.
  • Como establecer sinergias com outros canais de comunicação.

10. - Ferramentas de divulgação dos conteúdos digitais
  • Visão geral das ferramentas disponíveis.
  • Segmentação e personalização do conteúdo.
  • Transmissão de dados. Apps para partilhar informação e permitir a combinação de aplicações.
  • A influência da tecnología da forma de comunicar.
  • Snapchat e Whatsapp. Novos canais de transmissão de conteúdos.
  • Ferramentas de inteligência artificial.
  • A utilização do Big Data para conhecer o leitor e fornecer-lhe informação mais especializada e atrativa.
  • O Buzz, audiências vs. qualidade. O Buzz. Sustentabilidade temporal desses modelos.

11. - Ambiente mobile e apps 
  • Modelos de negócio mobile.
  • O jornalismo através das aplicações. Competências com os agregadores de notícias.
  • Formatos responsivos, ferramentas de desenho, priorizar módulos e recursos publicados.
  • Modelos de negócio mobile.
  • Web responsive, webapp ou app.
  • Desenho da web responsiva. Estilos CSS
  • Como causar impacto desde o primeiro canal.
  • Adaptar a escrita ao ambiente mobile.
  • Personalização dos conteúdos gerados.
  • Atrair dados.
  • Criação de uma app. Personalização do conteúdo, fórmulas de adaptabilidade da aplicação.
  • Plataformas para o desenvolvimento de app.
  • Posicionamento em stores. O ASO.
  • Estratégias para gerar downloads.
  • Difusão: SMS push, geolocalização.

12. - Desenho, criação, edição e publicação
  • Introdução ao desenho gráfico.
  • Tipos de desenho de meios. Estruturação da informação.
  • Módulos de produto e módulos de conteúdo, fórmulas de redirecionar para outros conteúdos.
  • Linguagem HTML/CSS/PHP
  • Photoshop.
  • Indesign.
  • Sistemas de publicação de blogues (WordPress, TypePad, Blogger)
  • Projeto/desenho de uma webpage: Hosting, design, publicação
  • Editor NVU.
  • Modelos de revistas/publicações online.
  • Análise de caso.
    Professor: Unica Aguilera, Jose Manuel
    (BitBan Technologies / Director de Diseño y HTML)

13. - Publicidade digital
  • Formatos publicitários clássicos: banners, preroll, Interstitial, billboard
  • Entender o negócio da publicidade e criação de sinergias com a redação para a criação de produtos que podem gerar publicidade e incrementar as receitas nos meios.
  • Publicidade online. As agências digitais.
  • Tipos de campanhas digitais, opções criativas de interação com o utilizador.
  • Google Adwords, Youtube, SEO, SEM, e-commerce, Content Marketing.
  • Inbound Marketing: o conteúdo como ferramenta de persuasão
  • Profissionalização na produção de conteúdo para a comercialização de produtos.
  • Emailing. O poder da divulgação viral.
  • Marketing offline em articulação com o marketing online.
  • Como planificar uma campanha digital.

14. - RTB e programação. Usos e necessidades de gerir o BIG DATA
  • Conceito e fundamentos. Os algoritmos que decidem o que o utilizador vê em cada momento.
  • Novas fórmulas publicitárias: branded content, publicidade programática, RTB, publicidade natural.
  • As dinámicas em tempo real.
  • Conceitos técnicos: SSP, DSP, DMP.
  • Os servidores Exchanges.
  • Plataformas que gerem a transmissão de conteúdos e publicidade. Casos da Adform e AdExplora.
  • A importância de conhecer o cliente e a gestão da publicidade e dos conteúdos em função das suas necessidades e perfis.
  • Ferramentas de gestão do Big Data e a sua aplicação prática
  • A comercialização dos leads e a sua utilização para conhecer o cliente e ampliar o consumo de conteúdos e produtos. Criar um maior LTV do leitor.
  • A visão do Big Data aplicada ao negócio dos meios de comunicação online. Conhecimento do cliente. CRM sociais.

15. - Estratégias de desenvolvimento do negócio digital
  • Ações de marketing. Estratégias e táticas dentro do ecossistema digital.
  • Negócios digitais que produzem audiências. Casos dos meios online.
  • Produção de ingressos alternativos, conceptualizar necessidades e criar marca e imagem com marketing e projetos táticos.
  • Sinergias e joint venture com outras empresas.
  • O modelo de fidelização. Como utilizar o espaço e a sinergia dos conteúdos para obter receitas da venda de productos e serviços.
  • Modelos de ecommerce.
  • Concursos, eventos e atividades especiais.
  • Venda de conteúdos, comercialização para outras plataformas.
  • Recomendadores de conteúdos: outbrain, ligatus e outros modelos.

16. - Aspetos legais aplicados à comunicação
  • Normas aplicáveis em matéria de comunicação no âmbito estatal.
  • Autoregulação: códigos de conduta, códigos éticos e códigos setoriais.
  • Propriedade intelectual e industrial no jornalismo digital.
  • Direito à honra, intimidade e à própria imagem.
  • Uso de imagens, vídeos ou declarações de outros meios. Bancos de imagens e agências.
  • Responsabilidades legais no jornalismo/comunicação nos meios digitais.

17. - Identidade e reputação digital
  • Perfis jornalísticos e comunicação digital.
  • O utilizador como principal criador de conteúdo. As empresas utilizam pessoas e não a marca em si mesma.
  • O poder dos blogues e influencers. Qualquer pessoa pode transmitir informação e comunicar.
  • Análise de empresas que têm uma imagem nas redes sociais diferente daquela que têm noutros canais. A utilização dos canais de comunicação e empresas que cuidam da sua imagem de marca e a apresentam corretamente.
  • Como construir uma imagem digital.
  • Deontologia profissional.
  • Uma aproximação à comunicação de crise (ideias básicas sobre o que se pode e não deve fazer).
  • Como resolver crises e como não as resolver. Exemplos de empresas dos media e de produtos.
  • Medição e presença na rede: sistemas de relatório.
  • Monitorização e ferramentas de escuta (diferentes ferramentas que existem atualmente e seus pontos fortes e debilidades).

18. - Comunicação corporativa em contextos digitais
  • Os gabinetes de imprensa.
  • Como atribuir credibilidade a informações de uma fonte fiável.
  • Departamentos de comunicação governamentais.
  • A nota de imprensa e convocatoria dos meios de comunicação.
  • Fronteiras entre jornalista e gabinete de imprensa.
  • Fórmulas de comunicação. Vídeos, infografias e comunicados.
  • A comunicação social corporativa.
  • Ferramentas da empresa ou gabinete de comunicação.
  • Internet corporativa/blogues/eventos.
  • Bloguers e influencers com reconhecimento social.
  • Exemplos de comunicação. Polícia, Telepizza, Iberdrola.
  • Redes sociais e o papel do Community Manager.
 

Consulte aqui o desdobrável da Pós-Graduação (.pdf)

Contactos

Rua Júlio Dinis,
Edifício Parque Itália,
nº 764, 8º Dto,
4050-012 Porto
Telefone:
+351 22 600 30 65
FAX:
+351 22 040 09 22
E-mail:
secretaria@esj.pt

Pré-inscrição